Preço de alimento sobe menos, e inflação pelo IPC-S desacelera

Preço de alimento sobe menos, e inflação pelo IPC-S desacelera

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S) subiu menos da segunda para a terceira prévia de dezembro, segundo informou a Fundação Getulio Vargas (FGV). O indicador passou de 1,06% para 0,93%, puxado pela alta menor dos preços relativos a alimentos, que perderam força (1,97% para 1,67%).

Também registraram taxas menores os grupos transportes (de 1,31% para 1,09%), habitação (de 0,60% para 0,48%), comunicação (de 0,18% para 0,13%) e educação, leitura e recreação (de 1,06% para 1,04%).

Na contramão, estão os preços relativos a saúde e cuidados pessoais (de 0,58% para 0,66%), vestuário (de 0,43% para 0,61%) e despesas diversas (de 0,23% para 0,32%) apresentaram acréscimo em suas taxas de variação.

Veja a variação de preços de alguns itens:
Hortaliças e legumes (de 15,57% para 9,13%)
Etanol (de 7,17% para 5,57%)
Tarifa de eletricidade residencial (de 1,95% para 1,25%)
Tarifa de telefone móvel (de 0,32% para 0,24%)
Show musical (de 2,84% para 2,36%).

Via g1.globo.com

Deixe uma resposta