Economize: dicas para poupar gastos em diversos aspectos de sua vida

Economize em despesas como alimentação, transporte, viagens, contas de luz e banco, animal de estimação, remédios, material escolar e mais.

As contas não estão cabendo no bolso? Os preços subiram, sim, mas será que você não está errando no jeito de gastar seu dinheiro? Confira dicas para economizar em diferentes situações.

Supermercado

Nada de ir ao supermercado com fome, muito menos para passear. Levar as crianças juntos? Depende. Elas podem pressioná-lo a comprar produtos desnecessários, mas você pode ensiná-las que não se pode ter tudo o que quer. Faça uma lista de compras, defina um limite para gastar e tente aproveitar os produtos da estação.

Conta de luz

Tome banhos de até 10 minutos e deixe o chuveiro na posição verão para poupar até 30% da energia. Para economizar com as lâmpadas, prefira as fluorescentes ou de LED e mantenha os lustres limpos. Além disso, apague a luz sempre que sair de um cômodo, mas evite apagar e acender o tempo todo.

Conta no banco

Há dois tipos de pacotes bancários gratuitos: a conta digital/eletrônica e o pacote de serviços essenciais. O primeiro é bom para quem prefere usar caixas eletrônicos, computador ou celular. O segundo é bom para quem usa poucos serviços do banco, mas precisa de talão de cheque.

Dólar

O valor da moeda varia de uma corretora para para outra, mas um ranking mensal do Banco Central ajuda a descobrir onde é mais barato. A lista está disponível em http://zip.net/bdrh07 (link encurtado e seguro). O valor inclui taxa de câmbio, tarifas e IOF (Imposto sobre Operações Financeiras).

Passagens aéreas

Encontrar passagens aéreas baratas depende de fatores como a antecedência da compra (que não deve ser tão grande), o dia da viagem (partir no meio da semana costuma ser mais barato) e, claro, o destino. O melhor momento para comprar é cerca de três meses antes da data de embarque, segundo especialistas.

Almoço por quilo

O seu vale-refeição termina antes do mês? Há alguns truques para deixar o prato mais leve e barato, sem precisar passar fome. Escolha a comida antes de se servir, cuidado com o tamanho do prato (pode ser maior do que aquele que você usa em casa), evite comprar bebidas e comece pela salada.

Animal de estimação

Pesquise os preços dos produtos em outras lojas, em grandes redes, em supermercados, em lojas online. Calcule se não vale a pena comprar embalagens maiores, mas não se esqueça da data de validade. Passei com seu pet e mantenha as vacinas obrigatórias e consultas de rotina em dia, pois prevenir é mais barato que remediar.

Transporte

Para quem não quer vender o carro, a dica é ter um veículo menor e fazer a manutenção, para ele durar pelo menos cinco anos. Para quem não tem carro, é possível compartilhar ou alugar um, pegar carona, usar táxi ou Uber, ir a pé ou de bicicleta – e ainda economizar na academia.

Remédios

Remédios de uso contínuo ou de alto custo podem ser retirados gratuitamente, com receita, pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Outros podem ser comprados com subsídio de até 90% do governo. Alguns planos de saúde dão desconto em redes de farmácias e alguns laboratórios têm programas de fidelidade para remédios de uso contínuo.

Happy hour

Busque alternativas que envolvam pouco gasto, e economize. Não precisa ser necessariamente em uma sexta à noite em um bar; pode ser um churrasco ou encontro na casa de um dos colegas ou um evento cultural gratuito. Outra opção é organizar um café da manhã ou lanche na empresa ou na escola – cada um leva um prato ou bebida.

Empréstimo

Se você precisar mesmo tomar um empréstimo, antes de se endividar é importante checar onde os juros são mais baixos. No site do Banco Central dá para consultar as taxas médias cobradas por cada instituição (elas podem variar de acordo com o relacionamento do banco com o cliente, por exemplo).

Sacolão

Vinte produtos por até R$ 2,99: essa é a oferta feita todas as quintas-feiras em 19 sacolões e mercados municipais de São Paulo. São sempre 7 frutas e 13 verduras e legumes. Os produtos são escolhidos por cada comerciante, entre 58 itens.

Produtos de beleza

A melhor forma de poupar com beleza é fazer em casa o que costuma fazer no salão, como unhas, depilação, penteados e hidratação de cabelo. Também é possível poupar com maquiagem, diluindo a base facial e o rímel ou guardando o lápis de olho no congelador, para não quebrar.

Seguro do carro

O motorista não deve esperar ser contatado pelo corretor. O ideal é procurá-lo duas semanas antes do vencimento. Ninguém deve comprar ou renovar um seguro sem fazer comparações e pesquisas prévias: ligue para outros corretores e compare propostas. Outra opção é fazer cotações pela internet, em seguradoras online.

Economize na festa de casamento

Casar não é barato. A saída é planejar com antecedência, pesquisar e barganhar. A lista de convidados é o item a ser mais bem avaliado, pois interfere diretamente nos custos da festa; só convide quem participa do seu dia a dia. Liste tudo o que precisa ser contratado, negocie descontos com cada fornecedor e prefira pagar à vista.

Gravidez

Bom senso e planejamento são fundamentais para fugir das tentações. Fraldas são um gasto constante e sempre vale pesquisar o preço – o melhor a fazer é calcular o preço unitário. Se estiver pensando em pedir fraldas no chá de bebê, o ideal é pedir nos tamanhos M e G, que serão as mais usadas.

Material escolar

Pesquise os preços, compre em conjunto com outros pais, economize e compre somente o necessário – com atenção para a qualidade do produto, além da aparência. Analise bem a lista e questione a escola se considerar que os pedidos estão abusivos. Reaproveite o material do ano passado quando possível.

Via economia.uol.com.br

Deixe uma resposta